Relative Content

Author Archive for António Pedro de Sottomayor

O “mar português” de Pedro Colón (II) – Parentes

              Retomemos o velho texto de Vasco da Ponte. Uma vez casado em terras lusas, o ex-cónego de Tui, Pedro de Soutomaior, recebeu o apoio de “(…) parentes, cunhados e amigos”. Três gradações de parentesco, com ou sem afinidades sanguíneas, capazes de mobilizar vontades e estabelecer semelhantes percursos de […]

O “mar português” de Pedro Colón (I) – Estado da Arte

                Pedro Madruga não pode ter sido apenas e, tão só, o belicoso senhor feudal de Soutomaior, que cinco séculos de historiografia repassaram, motu continuum, elevado bastas vezes a legendário estatuto, e outras tantas submerso entre as trevas do medievo mais profundo. Foi também um conde português, membro […]

Pavia e o Colón Galego

Hernando Colón garantiu preto no branco na “Historia del Almirante” que o pai, na sua juventude, aprendeu as letras e estudou num lugar chamado Pavia. Não há pois quem pretenda discorrer sobre as origens do “descobridor” que se arrogue passar ao lado desta questão assaz particular. E se a Pavia italiana – com o seu […]

“Terra Rubra”

Muito já se escreveu sobre o tema da expressão latina utilizada em determinada altura pelos irmãos Colón: ” (…) DE TERRA RUBRA”. Italianos, catalães, gregos e portugueses apresentaram já as suas razões, identificando todos eles inconclusivas posições geográficas para berço ou origem do Almirante e seu irmão. Espero contudo não incorrer em nenhuma falha, se disser […]

Baracoa: Portosanto de Colón

Se para o Almirante, a baía de Acul era tecnicamente o melhor porto do mundo[1] e por isso a baptizou com o nome do mar frente ao “seu” porto de Cambados, na ria de Arousa (Pontevedra), natural se torna perguntar, qual foi a terra que mais o encantou sobre as demais, e que nome lhe […]

Cambados: o porto da discordia

Enrique Zas provou pela primeira vez ao mundo há cerca de noventa anos, que Cristóbal Colón conhecia detalhadamente os portos de Cambados e Santo Tomé, na ria de Arousa. O facto por vezes esquecido de alguns, foi-nos há dias relembrado por Rodrigo Cota, aqui mesmo em “Colonianos”.No seu livro de 1923 “Galicia, Patria de Colón”, […]

O “mar português” de Pedro Colón (V) – Teria estado na Mina?

    Sobejam, pois, referências factuais, integrando as casas de Távora e de Pombeiro da Beira, no processo marítimo português, pelo menos desde os anos trinta do século XV, com particular incidência nas décadas de cinquenta e sessenta, em que o cargo de Almirante de Portugal foi exercido por dois dos seus elementos. É precisamente […]

Pedro Madruga, Cavaleiro de São João de Rhodes ( III ) – o tempo de Cristóvão Colón

                      [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes/”] Pedro Madruga  I[/button] [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes-ii/” color=”lightblue”] Pedro Madruga  II[/button] [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes-iii/”  color=”purple”] Pedro Madruga III[/button]       Manuel da Maia foi Tabelião em Abrantes. A pedido do Juiz de Fora André de Matos Almada, dará provimento, em Junho de 1596 e […]

Pedro Madruga, Cavaleiro de São João de Rhodes (II) – o tempo dos navegantes

                    [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes/”] Pedro Madruga  I[/button] [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes-ii/” color=”lightblue”] Pedro Madruga  II[/button] [button link=”http://cristobal-colon.com/pedro-madruga-cavaleiro-de-sao-joao-de-rhodes-iii/”  color=”purple”] Pedro Madruga III[/button]     Vimos já que em meados da década de cinquenta do século XV, Pedro Álvares de Soutomaior era cónego e pertencia ao cabido da Sé de Tui….. […]